Segunda, 25 de Outubro de 2021 22:38
61996377502
Notícias Empreendedorismo

Como as fintechs podem auxiliar micro e pequenas empresas?

A tecnologia em favor de soluções financeiras para auxiliar micro e pequenas empresas

08/10/2021 10h27
48
Por: Stéffany Santos
Fonte da Imagem: FIA
Fonte da Imagem: FIA

Como homenagem ao dia da criação do Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, no dia 5 de outubro é comemorado o Dia do Empreendedor. 

Em pesquisa realizada no ano de 2020 pelo Sebrae, foi revelado que o MEI, microempreendedor individual, corresponde a 56,7% das empresas ativas no Brasil, dado que surpreendeu até os próprios pesquisadores. 

A pandemia foi palco de mudanças significativas no cenário econômico do país, incluindo o grande aumento de microempreendedores. Foi neste período que os números de desempregados alavancou, apressando o processo de crescimento do empreendedorismo no país, principalmente por este representar a alternativa mais procurada ao desemprego.

Em resumo, o empreendedorismo consiste em encontrar oportunidades de negócios a partir da inovação com iniciativa e persistência. É nele que muitas pessoas enxergam um potencial emancipador e que grande parte da população está investindo como forma central de renda. Essa filosofia não só influencia a circulação econômica brasileira, como também aguça a criatividade, transformando o mercado de trabalho e impactando milhares de pessoas.

No entanto, o caminho para conquistar estabilidade no mercado conta com empecilhos, sendo necessário persistência e organização. Para isso, há outras empresas que, pautadas na tecnologia, criam soluções financeiras eficazes a fim de auxiliar micro e pequenos empresários. 

São as fintechs, nome proveniente da junção entre financial e technology, startups que surgiram com o objetivo de oferecer inovação, sobretudo através da tecnologia, para serviços financeiros. Essas empresas acreditam no controle financeiro através do progresso tecnológico. 

As extensas possibilidades de inovação no mercado financeiro através da tecnologia causou uma variedade de tipos e serviços proporcionados por essas startups. Cada fintech tem o propósito de atender uma necessidade, sendo as de Crowdfunding, Meios de Pagamento e Gestão Financeira as que assistem aqueles que empreendem. Conheça:

1. Crowdfunding:

Há projetos interessantes e pessoas em busca de empreender, no entanto o cenário financeiro atual acaba desmotivando a ação, pois muitos não sabem por onde começar ou não possuem o financiamento necessário.

No crowdfunding é possível encontrar outras pessoas que apoiam e estão dispostas a ajudar financeiramente o seu projeto, transformando-o em um financiamento coletivo.

Esse processo também é conhecido como as “vaquinhas” online. Podem ser uma excelente opção para a fundação de um projeto, mobilizando pessoas em prol de uma causa. 

2. Meios de Pagamento:

Esses tipos de startups têm por objetivo facilitar e expandir as formas de pagamento de pessoas físicas ou jurídicas, aumentando o potencial de vendas de seus clientes.

Um exemplo desse gênero é a Conpay, uma fintech que dispõe de variedade em meios de pagamento como maquinetas de cartão, emissão de boletos e links para pagamento.

Além disso, os empreendedores podem encontrar serviços financeiros descomplicados através da Conta Digital Conpay integrando os recebimentos com os meios de pagamento à gestão das vendas em uma única empresa. 

3. Gestão Financeira:

Para transformar o investimento em resultado é importante saber controlar os fluxos de recebimento do seu negócio. Com as fintechs, as soluções para gestão financeira estão muito mais robustas com o auxílio da tecnologia, unindo todo o planejamento financeiro em um só lugar.

São ótimas para micro e pequenas empresas que desejam se desenvolver e permanecer no mercado e acreditam que uma boa gestão de finanças é a chave para o sucesso. 

Hoje em dia, a tecnologia se desenvolve velozmente com intuito de tornar nossas vidas mais práticas, por isso se deve explorar os potenciais de empresas que a usam junto à inovação para transformar negócios e pessoas. 

Os micro e pequenos empreendedores movimentam grande parte do dinheiro que circula no Brasil, logo devem ter destaque e investimento massivo. São eles que revolucionam o mercado e que merecem um dia para serem homenageados de forma especial.

* Com informações Assessoria Conpay

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias