Domingo, 05 de Dezembro de 2021 14:00
61996377502
Notícias Moda

Sustentabilidade: 3 materiais que transformarão o futuro da moda

A indústria da moda tem buscado inserir processos e materiais inovadores para criação de seus produtos.

16/11/2021 16h37
Por: Vítor Tobias
Créditos: Destaque1
Créditos: Destaque1

O termo sustentabilidade é relativamente novo e esteve em evidência e destaque pela primeira vez em 1992. Seu conceito que atrela desenvolvimento socioeconômico e preservação ambiental é de extrema importância e precisa estar cada vez mais presente em nossas vidas, até porque, querida leitora, não existe nada mais over do que matar o planeta! No universo fashion a sustentabilidade tem se tornado pauta cada vez mais relevante, levando em consideração que durante muito tempo a indústria da moda tem sido uma das principais responsáveis pela poluição da Terra.

Com a intenção de transformar esse cenário muitas empresas e pesquisadores do setor vêm desenvolvendo e elaborando materiais inovadores e de altíssima qualidade para substituir os materiais tradicionais que tanto prejudicam o meio ambiente. As opções vão de “couros” do rei das frutas a tecidos de borra de café, desenvolvidos com a intenção de diminuir significativamente a emissão de poluentes vindos da indústria fashion. 

O poder do abacaxi

Créditos: Pixabay/Banco de imagens

No universo das frutas ele é o rei, e no mundo da moda tem mostrado sua majestade! Brincadeiras a parte, lhes apresento o Piñatex, tecido idealizado pela designer e pesquisadora espanhola Carmen Hijosa. Feito a partir das folhas do abacaxi, é isso mesmo que você leu, o tecido que se assemelha muito ao couro tem como matéria prima as folhas dessa deliciosa fruta tropical. Popularmente conhecido como couro de abacaxi, o tecido é uma alternativa vegana e sustentável para substituir o material de origem animal.

A planta que vira tecido

Créditos: Pixabay/Banco de imagens

E se dissermos que a urtiga pode virar fibra têxtil sustentável e um dos materiais inovadores para o futuro da moda, você acredita? Pois é, essa informação é a mais pura verdade. A planta comumente vista como uma praga, cresce com facilidade em todos os lugares e o processo de extração de suas fibras é muito simples e nada químico. Mas você já deve estar agoniada aí do outro lado pensando em como uma planta que queima a pele pode virar um item de vestuário, e nós te contamos! O segredo está no local da folha de onde são retiradas as fibras, do interior do caule.

Mais do que somente uma iguaria

Créditos: Pixabay/Banco de imagens

Muito comum na culinária asiática e em pratos da alimentação vegana e vegetariana, o tofu é um tipo de queijo de soja rico em proteínas, mas temos que dizer que ele possui aplicação em uma indústria inesperada, a da moda. É, pode parecer estranho à primeira vista, mas vamos te explicar mais. A soja passa por alguns processamentos para a fabricação do tofu, e sua produção gera um resíduo líquido. Esse resíduo é posteriormente colocado para secagem, então são esticados e cortados, dando origem a fibras longas e resistentes, que resultam em um tecido muito semelhante à seda.

*Com informações do portal Steal the Look.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias