Domingo, 05 de Dezembro de 2021 15:13
61996377502
Meio Ambiente Filosofia

Saiba mais sobre a filosofia Ubuntu

Corrente acredita no poder do coletivo como solução para os problemas do meio ambiente

04/05/2021 08h30 Atualizada há 7 meses
Por: Vítor Tobias
Créditos: Escola Educação
Créditos: Escola Educação

Tudo que formou sua personalidade, faz parte de um conjunto de características que foram doados ou acrescentados pelas pessoas que fazem parte da sua vida, ou seja, não seríamos nada sem as nossas relações. Este, é um dos pilares da filosofia Ubuntu. Em tradução livre, “ubuntu” significa “humanidade para os outros”, na prática, uma pessoa que pratica a filosofia tem consciência de que é diretamente afetada quando seus semelhantes também são oprimidos, ou diminuídos.

"De ubuntu, as pessoas devem saber que o mundo não é uma ilha: “Eu sou porque nós somos”. Eu sou humano, e a natureza humana implica compaixão, partilha, respeito, empatia" detalhou, Dirk Louw, doutor em Filosofia Africana pela Universidade de Stellenbosch (África do Sul).

Sustentabilidade

Uma pessoa que se reconhece como Ubuntu tem a consciência de que sua vida é influenciada e integrada a vida do outro, enfatizando o conceito de união. Não há como falar em meio ambiente sem pensarmos na coletividade, afinal, todos moramos em uma mesma casa, nosso planeta. Falar de natureza também é falar sobre sociedade.

O Ubuntu entende que ser sustentável não é um check list cheio de regras a serem seguidas, mas um processo diário de transformação, que começam como pequenas atitudes mas que logo se multiplicam. Não trata-se de um estado de espírito, tampouco um ato individual, mas sim, uma construção coletiva.

Se você…

-Deseja uma rotina mais prática e sustentável;

-Apoia as pequenas empresas e comércio local;

-Pratica o consumo consciente.

Você provavelmente já está alinhado com a corrente de pensamento do Ubuntu.

"No fundo, este fundamento tradicional africano articula um respeito básico pelos outros. Ele pode ser interpretado tanto como uma regra de conduta ou ética social. Ele descreve tanto o ser humano como “ser-com-os-outros” e prescreve que “ser-com-os-outros” deve ser tudo. Como tal, o ubuntu adiciona um sabor e momento distintamente africanos a uma avaliação descolonizada" contou o Louw.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias